0

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O britânico Paul Luke é um tarado por garrafinhas de leite e resolveu inaugurar um museu no quintal de sua casa depois que sua coleção atingiu o número de 10 mil exemplares. A primeira garrafa da coleção foi adquirida quando ele tinha apenas 9 anos e trabalhava como acompanhante de leiteiro. Atualmente, o museu reúne exemplares de garrafas raras, que datam de 1890. Óbvio que elas não estão cheias de leite, para dar o contraste necessário no rótulo, ele usa bolinhas de isopor dentro delas.