3

sexta-feira, 09 de outubro de 2009

1 por você.

Na onda de pessoas que perderam o emprego após publicar algo — considerado indevido por seus chefes – no Twitter, Facebook ou outras redes sociais, um garçom de Beverly Hills foi demitido após divulgar em seu blog e Twitter a história de uma atriz que não teria pago uma conta de US$ 13,75 (cerca de R$ 24). Quando seu empresário ligou para acertar o valor, ele não deu gorjeta. Agora, em sua descrição no microblog, ele diz “desempregado graças ao Twitter”.

Em seu blog, Jon-Barrett Ingels relatou o incidente envolvendo a atriz Jane Adams, que fez uma refeição em julho no restaurante Barney Greengrass.

“Foi uma refeição modesta, de US$ 13,75. Eu entreguei a conta. Ela olhou e abriu a bolsa. Seu rosto ficou vermelho. ‘Meu deus’, ela disse e revirou seus pertences. ‘Deixei minha carteira no carro.’ Acontece. Pude sentir o constrangimento dela. ‘Sinto muito.’ Parecia que estava assistindo a um personagem de seus filmes. Isso aconteceria com um de seus personagens”, escreveu o ex-garçom. Ele disse que deixou a atriz ir até o carro pegar a carteira, pois sabia quem ela era e sabia que ela voltaria. Mas, segundo ele, isso não aconteceu.

O blog “Brand X”, associado ao “Los Angeles Times”, disse ter tentado entrar em contato com a atriz do programa “Hung” e também com a HBO, canal para o qual ela trabalha, mas não obteve resposta sobre o caso.

Dois dias depois de a atriz ir até o restaurante, continua o blog, o Barney Greengrass recebeu uma ligação do empresário dela, dizendo que queria pagar a conta – e foi o que ele fez, sem dar gorjeta. O garçom então twettou sobre o caso, citando o nome da atriz e dizendo que a conta foi US$ 13,44. “Não sei nada sobre o Twitter. Sigo 21 pessoas e 22 me seguem”, contou ele (agora são 183 seguidos e 1.251 seguidores).

Alguns dias depois, continuou ele, Jane foi até o restaurante indignada com o que havia acontecido. Ainda segundo o garçom, a atriz fez as contas e disse que 20% de US$ 13,75 seriam US$ 3. Por isso, pediu que trocassem uma nota de US$ 20. “Isso [US$ 3] é para o garçom da semana passada. Ele está lá, pode dar para ele. Desculpe que meu empresário esqueceu de lhe dar gorjeta”, teria afirmado a atriz. Ainda de acordo com o garçom, cada palavra foi dita com amargura.

Também no blog, ele contou que foi demitido no dia 30 de agosto, por causa de uma gorjeta de US$ 3. Nos posts mais recentes, ele afirma ter recebido muito apoio no microblog – mesma ferramenta que, ironicamente, foi o motivo de sua demissão. Via

  • http://balazequinha.blogspot.com Rodrigo

    Babaquice tem limites. Perdeu playboy. Típico caso do perdedor de carteirinha. É por isso que enquanto a galera se diverte, ele trabalha, aliás, não mais. E vai morrer perdedor, ou melhor, esperando, tal como ele escreve no blog dele. E de quebra também é babaca o dono do restaurante que não foi razoável.

  • http://logisticaemrestaurantes.zip.net/ André Ricardos

    Assuntos internos e acontecidos dentro de um restaurante, fica no restaurante, não se pode falar tudo o que acontece. Ele poderia ter comentado o acontecido sem citar nomes, mas errou nesse fato. Agora entendo pq as empresas de cinema de holywood estão proibindo os atores, atrizes e alguns profissionais de produção a não ter twitter ou facebook, vazamento de informações. Em termo de negócios a informação é ouro, mesmo sendo de um restaurante.

  • wellington

    Babaca é assim mesmo…deu uma de machão tupiniquim e sifu….
    bem feito.
    ficassealado.