3

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Cinco Estados alemães proibiram a venda do refrigerante Red Bull Cola depois que especialistas encontraram vestígios de cocaína na bebida. As autoridades afirmaram que a dose encontrada é considerada mínima e não apresenta risco à saúde. (Ah é?? informem pra gente qual é a quantidade mínima de cocaína que podemos consumir sem nos ferrar!!) Entretanto, ressalvam que os vestígios da substância fazem com que a bebida deixe de ser um produto alimentício para, legalmente, se tornar um entorpecente, sujeito a uma autorização especial para ser comercializado.

Análises do Instituto Estadual para Saúde e Trabalho do Estado de Renânia do Norte-Palatinado constataram no refrigerante uma concentração considerada pequena, de 0,4 microgramas de cocaína por litro.

“O instituto examinou Red Bull Cola em um processo químico minucioso e realmente encontrou traços de cocaína”, confirmou o diretor do departamento de segurança alimentar do ministério alemão para Defesa do Consumidor, Bernhard Kühnle.

“A quantidade é absolutamente irrelevante”, reconheceu Wilhelm Deitermann, porta-voz da Secretaria de Saúde do estado de Renânia do Norte-Vestfália.

“Não é possível tomar tanto a ponto de a bebida fazer mal”, disse. Entretanto, a substância é proibida por lei.

Exagero?

Na Alemanha, os Estados deliberam autonomamente sobre assuntos envolvendo proteção ao consumidor.

O produto foi retirado das prateleiras nos estados alemães de Hesse, Renânia do Norte-Vestfália, Turíngia, Renânia do Norte-Palatinado e Baviera. Outros Estados alemães também estudam a suspensão da venda de Red Bull Cola.

Os traços de cocaína não são frutos de contaminação e derivam da própria fórmula da bebida, que inclui um extrato de folhas de coca em que a cocaína é retirada.

Segundo a Red Bull, extratos de folha de coca “cocainizados” não oferecem risco à saúde, sendo usados como aroma em produtos alimentícios no mundo inteiro e permitidos tanto na União Europeia quanto nos Estados Unidos.

“Nossa opinião é que o produto é plenamente comercializável”, afirmou à imprensa alemã Frank Farnsteiner, representante da Red Bull na Alemanha. A companhia anunciou que está em contato com as autoridades para resolver a questão.

Alguns veem exagero na proibição. “Se fôssemos examinar outros produtos alimentícios e bebidas com o mesmo nível de sensibilidade que a usada com a Red Bull Cola, seriam achadas muitas outras coisas”, afirmou o farmacologista Fritz Sörgel, diretor do Instituto de Pesquisa de Biomedicina e Farmacologia de Nuremberg.

O especialista em doping e entorpecentes analisou algumas amostras da bebida e também constatou a presença de cocaína. Mas a descoberta não o surpreendeu. “Cafés descafeinados também contêm ainda alguma cafeína”, comparou.

Críticas

O refrigterante da Red Bull está no mercado alemão desde o ano passado. A multinacional austríaca anuncia seu produto como uma bebida feita apenas com ingredientes naturais, sem adição de conservantes e outros aditivos sintéticos.

Segundo o fabricante, Red Bull Cola é o único refrigerante tipo cola contendo extratos de folhas de coca e noz-de-coca.

Nos últimos anos, os energéticos da empresa enfrentaram críticas das autoridades sobre possíveis riscos à saúde. No ano passado, o governo alemão alertou sobre os perigos do consumo associado com álcool ou depois da prática de esportes, que poderia levar a distúrbios do ritmo cardíaco ou até a falência dos rins.

Na época, argumentou-se que o refrigerante da Red Bull contém grandes quantidades de cafeína e taurina, substâncias que podem ser perigosas para pessoas com doenças cardíacas, pressão alta ou sensibilidade à cafeína. Via

  • http://luriajp.blogspot.com diogo

    Caracassss
    Se os caras do morro descobrem vao oferecer como brinde na compra de 2 petecas um Red Bull Cola, auhahua

    • http://www.marketingnacozinha.com.br/ admin

      Boa!! Moçada agora toda afoita pro RedBull Cola chegar logo no Brasil!

  • Eduardo @tolkar

    Ah é?? informem pra gente qual é a quantidade mínima de cocaína que podemos consumir sem nos ferrar!![2]