0

segunda-feira, 01 de dezembro de 2008

A caixinha de fósforo aí em cima é a ideia genial do publicitário Samir Mesquita. A caixinha abriga um pequenino livro com 50 contos feitos com até 50 caracteres (sem contar título e pontuação). Nas instruções que estampam a embalagem, o autor adverte: “Ideias soltas, experiências roubadas e alguns exageros. Perfeitos para serem transportados para todos os lugares e lidos em uma paulada só.” Você lê um conto antes de queimar um fósforo! Via  Samir